About Me

Minha foto
Pedacinho d'eu mas o que importa mesmo é o todo de minha alma... ...Eu ando pelo mundo Prestando Atenção... I've been walking in the world paying attention...

terça-feira, 23 de março de 2010

Tech



Tecnologia amada minha

A todos fascina

mas deixa residuos

Conflitos

Expôe-se sentidos, gostos

Sem vergonha alguma

Supreende-me sentimentos

Não ditos, mal escritos em

mensagens de texto

Emails recebidos pelo celular

não importa o evento

encontro romantico

funeral

tenho que mostrar-me o mais ocupado

querido, e superficial em minha existência

O que era ferramenta agora pulsa deixando

Pra traz razão e emoção.


18 comentários:

Alone Voice disse...

"querido, e superficial em minha existência

O que era ferramenta agora pulsa deixando

Pra traz razão e emoção"

Simples e lindo.. mais q importante em minha vida tbem...

Esquadros disse...

Thanks babe...
I try to inspire...-_'

Jaime mesmo... disse...

Vim aqui saber mais de ti, gostei da tua visita, gostei do teu blog, gostei.

Pedro disse...

E a gente vai trocando tudo pelo google, msn e twitter.

Marcelo Mendonça disse...

a cada segundo, uma visita no virtual...

Adri disse...

Transfomando...

Apaixonando

rs,

**

Cris disse...

Fundamental é manter as emoções reais mesmo se o meio for virtual.

Beijão, querida.

Pedro disse...

E a gente tá cada vez mais offline do mundo real.

jorginho da hora disse...

É uma bela forma de expressar a sua relação com a net. Mas valeu mais a qualidade do poema e da sua profundidade lírica.

Mil beijos !

jefhcardoso disse...

E como a tecnologia é nossa aliada!
Bem, qualquer coisa eu estarei em meu blog (http://jefhcardoso.blogspot.com) onde falei sobre os dois dias que nos resta de vida.

Abraço do Jefhcardoso.

Fabrício Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabrício Santiago disse...

Olá, muito grato por ter aparecido e deixado um comentário na humilde Narroterapia.
Beijos

Daniel Hiver disse...

Nesses tempos de tecnologia high tech é mesmo impossível disassociá-la das situações da vida.
Tecnologia para se aproximar de alguém por quem sentimos atração. Tecnologia até na hora do funeral.

Obrigado pela visita em meu blog e pode sim publicar os haikais com o devido crédito.

Um bom final de semana!

Vita Brevis disse...

O nome do seu blog me chamou muito a anteção. Me identifico com essa música da Adriana Calcanhoto. Logo saberia que encontraria escritos que me chamariam a anteção: concordo plenamente com o poema!
Gostei do blog, vou te seguir,
beijos.

Fabrício Santiago disse...

Que legal, gostei do texto.
Beijos

PS: Acabei de atualizar a nossa acanhada Narroterapia, esse cafofo que é sue tb. Passe por lá deixe seu comentário. Ajude na terapia...rs

Renata de Aragão Lopes disse...

Os exageros,
quase sempre,
são um mal.

Beijo,
doce de lira

Vita Brevis disse...

Obrigada pela visita..

By the way.. yes, I do.

Xoxo

...Evellyn... disse...

O que seria de mim sem o celular?

ótimo texto.

beijo.